Feeds:
Posts
Comments

Archive for April, 2014

Amor vesgo

Naquela troca de olhares,

toda a timidez aflora.

Quero dizer tudo

E o nada é o que aparece

 

De canto, de frente, de pescoço torcido.

Quero dizer que estou na tua

Mas não quero parecer oferecida,

Mesmo querendo me oferecer.

 

Você me hipnotiza de um jeito estranho.

Tudo é consciente, estou ciente

de que pode ser uma cilada,

Mas eu quero me oferecer.

 

Há quem diga que

Nós devemos esperar o cortejo

Mas meus olhos querem

Ao mesmo tempo,

Observar e dizer algumas palavras.

E você sabe quais são.

 

Naquela troca de olhares,

Eu vejo seu íntimo,

Suas fotos de 2009

E sua ex-namorada.

 

Naquela troca de olhares,

As incertezas surgem arrebatadoras.

Como se ainda tivesse 15 anos

E nunca antes beijado.

 

Que tal sair de nossos campos de visão

E dar um sorriso tímido.

Ficamos no sensorial,

Mas já é um grande avanço social.

 

Vem me dizer olá,

Me chamar pra sair,

Pedir em casamento,

e morrer só depois das nossas bodas de ouro.

 

Talvez não só os olhares,

Mas as dúvidas sejam as mesmas.

Que tal sair de tantas incertezas

E partir para o simples…

“Gostei da sua tatuagem. Onde fez?”

Advertisements

Read Full Post »